Através do espelho

Completava seu décimo terceiro aniversário. Nunca ganhava muitos presentes, só aqueles que cabiam aos pais: uma bicicleta, uma boneca, roupas, etc, etc. Mas sempre ficava pensando que mesmo ganhando o que queria, nunca ganhou o que precisava.

Mas o fato mais curioso é que naquele ano ganhou algo bem diferente, no entanto não era nada do que quisesse de verdade. Sem remetente, apenas com destinatário, o pacote chegou na manhã seguinte ao seu aniversário. A menina queria perguntar aos pais quem poderia ter lhe mando tal presente, mas ficou com medo de que os pais receosos, por um estranho tê-la enviado um pacote não identificado, lhe tirassem o direito de abrir a caixa.

Lana então se escondeu no canto mais escuro do quarto – como sempre que fazia uma coisa errada – e abriu o pequeno pacote. Dentro dele nenhuma surpresa só um pequeno espelho e um bilhete velho amassado. Um pouco confusa e bastante decepcionada a menina pegou o espelho e contemplou sua própria imagem. Não havia nada de novo ali, só um ano a mais do que o da semana passada. Frustrada botou o objeto de volta na caixa e o guardou embaixo da cama, e lá ficou por quase uma eternidade.

Dias depois, estando sem fazer nada lembrou-se da cama, do pacote, do espelho e do bilhete. Correu para o quarto e pegou a caixa.

– Certo, vamos encarar isso como um grande mistério. Um pacote sem remetente, e um espelho com bilhete velho como presente. – falou em voz alta.

Nada ainda lhe fazia sentido.

Ao olhar para o espelho de novo percebeu seus detalhes. Primeiro, nunca vira um espelho com cabo, de formato oval e todo ornamentado. Pesado, parecia até ser muito caro. Agora dando atenção ao bilhete tentou lê-lo, mas foi mais difícil do que se pensava. A letra ilegível, mas bem desenhada, tinha aparência antiga, e parecia estar toda desordenada e por conta disso não entendeu nada.

Incomodada ficou encarando seu próprio reflexo, pensando, e logo percebeu algo estranho, seu reflexo pareceu ganhar vida e fazer movimentos que ela mesma não previa. Espantada parou para observar novamente e dessa vez nem mesmo o rosto que via no espelho era o seu próprio, mas sim o de uma velha senhora.  Perturbada ela largou tal objeto e resolvera dormir, porque aquilo, provavelmente, devia ser o sono já batendo a sua porta.

Na manha seguinte, ainda meio sonolenta Lana se lembrou do ocorrido e deu mais uma olhada no espelho, de relance, e pareceu não ver nada errado, depois arriscou uma olhada um pouco mais demorada e dessa só contemplou sua própria imagem. Se sentindo estranha resolveu pensar que não tinha sido nada.

Mesmo repetindo consigo mesmo que aquilo era só uma brincadeira, a garota não se convencera. E em toda boa mágica nunca desistimos de descobrir o que há por trás dela, e se a outra imagem no espelho foi um truque ela descobriria como era. Então na outra noite passou horas olhando para o espelho e dessa vez sua imagem não só se transformou em outro alguém, mas em outro quem. Podia ver por trás do espelho que nem mesmo o seu próprio quarto se projetava. Era outra paisagem que contemplava, e o rosto com que agora se deparava era de uma bela moça, com aparência calma e sossegada.

O mistério ainda não tinha sido desfeito, o que então refletia o espelho? Ficou a pensar por dias a fio, mas não teve nenhuma idéia, ate que decidiu estudar o pequeno papel novamente, e como num passe de mágica teve a ideia de colocar as tais letras embaralhadas  em frente ao espelho para ver no que dava.

E assim se lia a seguinte frase: “Quando no espelho se debruçar, em sua primeira face vai encontrar um futuro a se concretizar e um sonho a se realizar. Quando mais fundo olhar, mais faces você poderá encontrar, mas tal tarefa não será fácil de se alcançar.”

 

vnr

Anúncios
por historiasdebau

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s